Nos sites da GEMÜ são utilizados cookies. Ao utilizar o site, está a consentir a utilização dos cookies. Para proceder a configurações pessoais, clique aqui.

GEMÜ R677

Válvula de diafragma de acionamento manual

  • Descrição
  • Características
  • Detalhes técnicos
  • Acessórios

A válvula de diafragma de 2/2 vias GEMÜ R677 possui um atuador plástico de baixa manutenção acionado manualmente. A válvula já vem equipada de série com um indicador ótico de posição. O corpo da válvula High-Flow permite dimensões compactas com elevado valor da vazão.

  • Níveis de fixação iguais para vários diâmetros nominais
  • Design de instalação compacto devido ao corpo da válvula otimizada
  • Indicador ótico de posição integrado
  • Conexão: Bico; Flange; Rosca externa (macho)
  • Atuador: Manual
  • Material do corpo: ABS; Camada interna/externa em PP; Camada interna em PP-H, cinza / camada externa em PP, reforçada; Camada interna em PVDF / camada externa em PP, reforçada; PP (reforçado com fibra de vidro); PVC-U; PVDF
  • Pressão máx. de operação: 10 bar
  • Temperatura máx. do fluido: 80 °C
  • Temperatura mín. do fluido: -20 °C
  • Diâmetros nominais: DN 15 (1/2''); DN 20 (3/4''); DN 25 (1''); DN 32 (1 1/4''); DN 40 (1 1/2''); DN 50 (2''); DN 65 (2 1/2''); DN 80 (3''); DN 100 (4'')

Acessórios adequados

Vídeo do produto

How diaphragm valves with plastic valve bodies work

00:33 min
2576 Visualizações
Online desde 16.09.2015
Deionization of boiler feed water using an ion exchanger

Aplicações do produto

Desionização da água para alimentação de caldeiras através do trocador iônico

​Os sais dissolvidos na água causam corrosão e deposição nos sistemas das caldeiras. Para evitar isto, e dependendo dos métodos operacionais, há requisitos importantes à qualidade da água para alimentação de caldeiras. Num sistema de desmineralização total, os sais dissolvidos na água são removidos através de resinas de troca iônica. Estes sais são dissociados, isto é, na forma de partículas positivas (cátions) e negativas (ânions), e portando, têm a seguinte estrutura, chamada de coluna de desmineralização: trocadores de cátions – torre de desgasificação de CO2 – trocadores de ânions – filtro de leito misto. Para o funcionamento deste sistema ainda necessita-se de uma estação de regeneração e uma de neutralização.